Matéria Principal
Todo lixo tóxico gerado deve ter um destino correto para que não fique exposto aos fatores que virão a contribuir para que aconteça uma contaminação. Muito do lixo pode ser reutilizado através da reciclagem, desde que adequadamente tratado, gerando fonte de renda e empregos, além de combater a poluição ambiental.
Por que reciclar, o que é natural, a energia do lixo, a reciclagem do mundo e formas de reciclagem são informações que, entre outras, fazem parte deste volume.
ABRIL
Seminário Emergência e Riscos Ambientais
Data: 01 e 02
Local: São Paulo – SP
Realização: RMAI e Interação Ambiental
Informações: (11) 3917-2878
eventos@rmai.com.br
www.meioambienteindustrial.com.br
Os ministérios do Meio Ambiente e das Cidades, a Caixa Econômica Federal e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES) estão estudando a abertura de novas linhas de crédito para a gestão de resíduos sólidos pelos consórcios intermunicipais. O anúncio foi feito na última sexta-feira (27) pelo secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano, Vicente Andreu, do Ministério do Meio Ambiente, durante reunião com seis prefeitos da região metropolitana de Campinas (SP). Vicente Andreu propôs a implantação pelos municípios do Plano de Gestão Integrada de Manejo de Resíduos Sólidos. "Com o plano, podemos definir melhor as soluções a serem utilizadas", destacou.
O problema aumenta, ano após ano, e pouca gente sabe. A repórter Marina Araújo investigou o assunto e descobriu que grandes cidades têm cada vez mais áreas contaminadas.

No ano passado, o número de áreas contaminadas cresceu 10%. Só 30% do lixo é feito de materiais que podem ser recicláveis. O restante precisa de um tratamento especial, que nem sempre é feito. Muitos dos produtos jogados no meio-ambiente colocam em risco a saúde das pessoas.
Um dos vilões da gestão urbana - o lixo - está em debate a partir de hoje (04), em Curitiba (PR). As tendências mundiais em tratamento e disponibilização de resíduos estão em discussão, assim como as soluções mais viáveis para cada tipo de material.

América Latina, Europa e Ásia são representadas no Seminário Internacional WasteNet, uma rede de cooperação que reúne pesquisadores de universidades e institutos de pesquisa para troca de experiências e desenvolvimento de estudos em prol do manejo sustentável de resíduos sólidos.
Começou nesta quarta-feira (5) a 79ª edição do Salão Internacional do Automóvel de Genebra, maior evento deste setor na Europa, que aposta nas chamadas "tecnologias verdes" para fazer enfrentar a crise econômica.

O presidente da Suíça, Hans-Rudolf Merz, inaugurou o salão, que vai até 15 de março, dizendo que "graças a seu aspecto inovador, o setor automotivo (um dos mais atingidos pela crise) está preparado para triunfar sobre as dificuldades".
No I Seminário Estadual da Operação Arco Verde, em Belém do Pará, nesta sexta-feira (6), foi apresentado aos participantes o Projeto Nacional de Gestão Ambiental Rural do Ministério do Meio Ambiente. Paulo Guilherme, diretor do Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável, alertou os representantes estaduais e municipais para a necessidade de ações locais. "É preciso elaborar um plano local de desenvolvimento sustentável, com base territorial", disse.

Resíduos sólidos são materiais, até então inservíveis, que se encontram nos estados sólido, semi-sólido, gasoso - quando contido, e líquido (cujas particularidades tornem inviável o seu lançamento na rede pública de esgoto ou em corpos d`água, ou exijam para isso soluções técnica ou economicamente inviáveis em face da melhor tecnologia disponíve)l, resultantes de atividades de origem industrial, doméstica, hospitalar, comercial, agrícola, etc. Ficam incluídos nesta definição os lodos provenientes de sistemas de tratamento de água, aqueles gerados em equipamentos e instalação de controle de poluição.

Agência Duca