Portguês
English
Espanõl
 
 
renova reciclagem/ A Briquetagem no Brasil

A necessidade de se recuperar partículas finas oriundas de um processo de beneficiamento de minérios ou de resíduos de materiais metálicos provocou o desenvolvimento da tecnologia da aglomeração. Esse avanço proporcionou o aproveitamento comercial da fração fina desses materiais, bem como, minimizou o impacto ambiental causado pela produção de material fino ou particulado.

Nesse contexto, a briquetagem, ou seja, a aglomeração de partículas finas com auxilio de pressão, destacou-se como método adequado ao processamento desses materiais e tornou-se o método pioneiro de aglomeração.

A recente preocupação ambiental, resultando em leis cada vez mais rígidas, fez com que a briquetagem ganhasse um novo impulso de aplicação na indústria. Hoje ela constitui-se numa excelente alternativa para a reutilização de rejeitos industriais (finos de carvão vegetal, turfa, plásticos, lixo biológico, limalhas metálicas e outros) seja como fonte de energia ou seja como matéria prima.

Foi neste contexto que a Renova Reciclagem foi criada em 2003, para atender à crescente demanda por matérias primas para a fabricação do aço e também às necessidades das empresas geradoras de resíduos portadores de ferro em dar uma destinação econômica e ecologicamente correta aos seus resíduos.

Braço da Renova Resíduos, empresa com mais de 20 anos de experiência no tratamento de resíduos industriais, a Renova Reciclagem está instalada em uma área própria de 15.000 m2 no pólo industrial de Cumbica, Guarulhos, sendo uma das pioneiras na comercialização de briquetes de finos de ferro e na prestação de serviços a terceiros de briquetagem por rolos a frio.

Possuindo equipamentos e instalações de última geração, a Renova Reciclagem está apta a oferecer aos seus clientes produtos e serviços com garantia de qualidade e procedência, estando a mesma em processo de certificação da ISO-14000.

Conceito

A briquetagem consiste na aglomeração de partículas finas por meio de pressão, permitindo a obtenção de um produto não só compactado, porém com forma, tamanho e parâmetros físico-químicos metalúrgicos adequados. A redução de volume de material, em alguns casos, além dos benefícios tecnológicos, permite que materiais finos possam ser transportados e armazenados de forma mais econômica.

A mistura é prensada a frio, de modo a obter aglomerados, chamados briquetes, que devem apresentar resistência adequada para manuseio/movimentação e estocagem.

No nosso caso, na aplicação da pressão externa ao material a ser briquetado, utilizamos a briquetagem em prensa de rolos, onde o material flui continuamente, entre dois rolos paralelos, com cavidades ou moldes dispostos em sua superfície, de tamanho e forma adequados, rigidamente ligados entre si, girando com a mesma velocidade, todavia em sentidos contrários.

Fluxograma do Processo



Propriedades dos Briquetes Renova


Teor Metálico

O teor metálico dos briquetes é função direta do teor de ferro mais a somatória de outros metais. O ferro presente nos briquetes se encontra no estado livre ou metálico e na forma de óxidos.
Nos casos de utilização de briquetes em fornos elétricos, fabricamos nossos briquetes com a adição de um percentual de carbono, calculado estequiometricamente, possibilitando que os óxidos contidos nos briquetes, sejam reduzidos pelo carbono, processo que maximiza o aproveitamento metálico e reduz a formação de escória.
Nos casos de utilização de briquetes em conversores ou oxigênio, não há a necessidade da adição de agente redutor, pois o processo ou os produtos utilizados na fusão agem como redutores do óxido.

Serviços de Briquetagem

Visando melhor atender às necessidades de nossos clientes a Renova Reciclagem efetua também serviços de mão de obra de briquetagem para terceiros.

A grande vantagem deste sistema é que, as siderúrgicas e fundições que atualmente pagam pelo descarte de resíduos em pó portadores de ferro e outras ligas, através da briquetagem podem reutilizar os mesmos em seus processos de fusão. Este sistema, além de extinguir os custos com descarte de materiais até então “inservíveis”, garante para o gerador/cliente um insumo com composição química conhecida, o reaproveitamento de ligas e redução do volume de compra de materiais metálicos para fusão.

Para grandes geradores/consumidores, a Renova Reciclagem está apta a desenvolver e implementar plantas de briquetagem “In Site”, de acordo com a necessidade do cliente.

Vantagens da utilização dos briquetes

1 Redução do custo de aquisição: briquetes com excelente relação custo x benefício.

2 Mais uma opção de matéria-prima: substituição parcial das matérias-prima padrão (sucata de ferro, ferro gusa, sínter, etc.).

3 Preparação dos cestos de sucatas: por ter alta densidade, o briquete é um agente facilitador no processo de montagem de cargas frias, propiciando ao preparador a possibilidade de utilizar materiais de menor densidade no mesmo cesto.

4 Facilidade de armazenamento e transporte: propicia armazenar uma grande quantidade em uma área pequena, por ser material de alta densidade e oferecer uma maior gama de opções de embalagem e transporte.

5 Produto com composição química média conhecida e garantida.

6 Matéria prima própria: por ser produtora da própria matéria prima, a Renova Reciclagem oferece um produto menos sujeito a volatilidade de preços, como sucata, gusa e minério, podendo fornecer mediante contratos a preço fixo, por um período maior que os produtos concorrentes.

menu reciclagem
iso 14001
polÍtica ambiental
Informativo
Os indicadores de desempenho ambiental visam demonstrar as práticas organizacionais no sentido...
outras edições ››
©2014, Grupo Renova - Todos os direitos reservados.